Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Aluno tem artigo publicado em periódico internacional indexado

Pesquisa de Iniciação Científica desenvolvida no LabMax de Cubatão rastreia câncer cerebral infantil

  • Publicado: Sexta, 16 de Outubro de 2020, 16h39
  • Última atualização em Sexta, 16 de Outubro de 2020, 18h01

O aluno Raimundo Eider Figueiredo, do Câmpus Cubatão, teve seu artigo publicado em periódico indexado internacional. A pesquisa está vinculada ao projeto de Detecção de Câncer Cerebral Infantil do Laboratório Maxwell de Micro-ondas e Eletromagnetismo Aplicado (LabMax) do IFSP.

Estudante do curso de Engenharia de Controle e Automação, Eider é orientado pelo professor Alexandre Maniçoba de Oliveira, que enaltece a façanha do aluno. “Este nível de publicação é comum entre alunos bolsistas de programas de pós-graduação, mas é inédito para alunos de graduação em engenharia do Câmpus Cubatão, o que marca um novo patamar para as pesquisas no câmpus”, avalia.

O artigo Vivaldi Antipodal Antenna With High Gain And Reduced Side Lobe Level Using Slot Edge With New Neogothic Fractal By Cantor With Application In Medical Images For Tumor Detection foi publicado no mês de outubro no periódico indexado INAJEEE – Indonesian Journal of Electrical And Electronics Engineering.

A pesquisa publicada é parte do Projeto de Sistema de Rastreamento de Câncer Cerebral Infantil por Imagens de Micro-Ondas: Projeto de uma Antena Vilvaldi Planar com uso de Geometrias Fractais, desenvolvido no Laboratório James Clerk Maxwell de Micro-ondas e Eletromagnetismo Aplicado (LabMax) do Câmpus Cubatão conta com fomento por meio do PIBIFSP.

Iniciante na pesquisa científica, Raimundo afirmou que ter o seu texto aceito para publicação em uma revista como a INAJEEE, da Indonésia, é algo muito gratificante. “Com esta publicação, vislumbramos novas possibilidades de ampliação dos estudos em âmbito internacional dialogando com outros pesquisadores com objetos de pesquisa semelhantes” contou o estudante. Eider é natural do Rio Grande do Norte e neste momento de pandemia, está sendo orientado e desenvolvendo a pesquisa à distância, graças à tecnologia dos simuladores de computador.

A pesquisa que resultou no artigo é feita em parceria com os professores pesquisadores Antonio Mendes de oliveira Neto, do Câmpus Suzano do IFSP, Alexandre Jean Rene Serres, da UFCG,  Auzuir Ripardo De Alexandria, do IFCE, João Francisco Justo Filho, da EPUSP e co-fundador do LabMax, Marcelo Bender Perotoni, da UFABC, Nurhayati Nurhayati, da UNESA na Indonésia, e Ingrid Correia Nogueira, da Unichristus.

 Pesquisa

O artigo aborda o estudo da Antena Antipodal Vivaldi (AVA) visando melhorar o ganho, diminuir o Nível do Lóbulo Lateral (SLL) e o estrabismo, para tornar a antena mais diretiva e obter um padrão de radiação mais estável. Sua aplicação pretendida consiste na geração de imagens biológicas de micro-ondas para detectar tumores cerebrais. Com este objetivo, foi aplicada a técnica Fractal Slot Edge (FSE) com um novo fractal desenvolvido e baseado no conjunto Cantor, o que torna esta antena, uma antena da classe Palm Tree.

De acordo com o professor Alexandre Maniçoba, o artigo publicado na INAJEEE é parte de uma pesquisa maior, que teve origem em 2016, no Câmpus Suzano, e atualmente está na fase de produção do primeiro protótipo (modelo conceitual). Segundo o pesquisador, o protótipo  deve estar funcional até o final do ano, para detecção de câncer cerebral infantil.

Ainda segundo Maniçoba, o estudo lança as bases para o surgimento de uma nova categoria de sistemas de análises médicas por imagens de micro-ondas. Ele afirma que a pesquisa pode contribuir para o surgimento de equipamentos portáteis e de baixo custo, em contraste aos atuais, tomógrafos por exemplo, por trabalhar com sinais de baixa frequência e baixa potência.

 O artigo completo tem acesso gratuito através do link da INAJEEE: https://journal.unesa.ac.id/index.php/inajeee/article/view/10401

A figura abaixo mostras as etapas do processamento do sinal para geração da imagem do cérebro com e sem tumor.

registrado em:
Fim do conteúdo da página