Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Aluno do IFSP participa de workshop na Ucrânia sobre o uso de drones para a educação

Caio Italo Marcieri Pimpinato apresentou os resultados do Projeto de Extensão “Drones na Educação”, que tem o objetivo de envolver as tecnologias não tripuladas no processo educacional.

  • Publicado: Terça, 18 de Fevereiro de 2020, 15h52
  • Última atualização em Segunda, 02 de Março de 2020, 13h00

O estudante Caio Italo Marcieri Pimpinato, do curso de Engenharia de Controle e Automação, do Câmpus São Paulo, representou o IFSP em um workshop internacional sobre o uso de Drones para a educação. O evento ocorreu no início de fevereiro, na Faculdade de Gestão de Terras, da Universidade Nacional de Ciências da Vida e do Meio Ambiente da Ucrânia.  

Durante o seminário, o aluno do IFSP apresentou os resultados do Projeto de Extensão “Drones na Educação”, que tem o objetivo de envolver as tecnologias não tripuladas no processo educacional e facilitar o contato dos alunos com elas. De acordo com Caio, o projeto teve início em 2018, e atualmente é coordenado pelo professor Tarcísio Fernandes Leão. Além do Caio, também participam os alunos Matheus Gaspar e Bruno Lima e os e ex-alunos Natasha Colombo Braga e Lucas Nascimento, todos do Câmpus São Paulo.

De acordo com Caio, participar do workshop na Ucrânia foi uma experiência enriquecedora, pois possibilitou uma conversa sobre o papel atual do drone na sociedade, inclusive com temas mais delicados como por exemplo o uso militar. Segundo ele, os participantes discutiram sobre o pioneirismo do projeto Drones na Educação, no tocante ao uso de veículos aéreos não tripulados na área educacional. Ele também relatou de que maneira foram promovidas as atividades de capacitação sobre drones pelos integrantes projeto. “Além disso, conversamos sobre os resultados obtidos através da aplicação de exercícios com drones em sala de aula, atividade que realizamos em escolas públicas de nível fundamental e médio de São Paulo”, contou.

Além da última experiência na Ucrânia, o aluno do IFSP participou de outros seminários, no Reino Unido, Paraguai, Espanha e Itália. De acordo com o estudante, cada apresentação vem acompanhada de novas descobertas. “Todas as vezes em que apresentei o projeto fora do Brasil tive uma sensação muito agradável em perceber que, apesar das diferenças culturais, todos estávamos ali por um mesmo objetivo, que era a troca de conhecimento tecnológico em favor dos interesses de cada um e a vontade de unir forças para contribuir com o progresso coletivo. Apesar das barreiras linguísticas, não há fronteiras que separam as pessoas quando há um entendimento comum de que a sinergia de ideias leva a um futuro melhor para todos. Drones fazem parte desse futuro, e o IFSP saiu na frente com esse projeto”, afirmou.

Segundo Caio, podem participar do projeto servidores e alunos IFSP que tenham interesse em adquirir conhecimentos relacionados às áreas que envolvem drones, e aplicá-los na área da educação. O Drones na Educação também promove oficinas e cursos gratuitos sobre montagem e pilotagem de drones, abertos a toda comunidade interna e externa do IFSP.

As pessoas interessadas em fazer parte do projeto devem enviar e-mail para .

registrado em:
Fim do conteúdo da página