Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Meu Câmpus Tem: Cursinho Enem

Projeto do Câmpus São João da Boa Vista promove aulas e palestras preparatórias para o Enem voltadas para alunos do IFSP e de escolas públicas da região.

  • Publicado: Segunda, 11 de Novembro de 2019, 18h59
  • Última atualização em Terça, 12 de Novembro de 2019, 14h56

O projeto "Pró-Enem: ações de apoio à formação no Ensino Médio" surgiu em 2015, quando um grupo de docentes do Câmpus São João da Boa Vista percebeu a necessidade de oferecer uma atividade de formação de ensino e extensão mais voltada à revisão de matérias do ensino médio, no estilo de cursinhos pré-vestibulares.

O professor Lucas Labigalini Fuini, coordenador do projeto, contou que com o passar do tempo e o expressivo interesse dos alunos do câmpus e da comunidade externa, a atividade tornou-se o cursinho preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O objetivo principal é oferecer uma revisão de conteúdos do ensino médio, vinculada à resolução de questões das provas do Enem.

Segundo Lucas, as aulas acontecem no período noturno de terça a sexta-feira, com seleção semestral de alunos, como se fosse um cursinho intensivo. Na verdade, trata-se de um curso FIC e projeto de extensão ao mesmo tempo, pois além das aulas, os docentes do IFSP e alunos monitores também ministram palestras em escolas públicas da região.  

"O projeto sempre teve boa aceitação na comunidade, sendo um público formado majoritariamente por alunos da rede pública de São João da Boa Vista e região. Desde 2018 o projeto de extensão também realiza palestras em escolas públicas e atividades de orientação sobre o Enem e acesso ao ensino superior público", contou o professor Lucas. 

Nas aulas, os alunos estudam os conteúdos vinculados às quatro grandes áreas de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas tecnologias; Matemática e suas tecnologias; Ciências da natureza e suas tecnologias e Ciências humanas e suas tecnologias.

Quem assistiu às aulas aprova a iniciativa e se diz mais confiante para se submeter ao Exame.  É o caso da Camila Ribeiro, de 20 anos, que sonha em ingressar numa universidade pública e conta que o cursinho tem ajudado muito. “Os professores são sempre acessíveis para tirar dúvidas, nós contamos com uma plataforma online com simulados e temos direito a usar a biblioteca do IFSP para estudar. Tenho certeza que isso vai fazer muita diferença na hora da prova”.

Tatiane Serrano é aluna concluinte do bolsista do projeto. Ela ministrou aulas para duas turmas de 40 alunos e também participou de palestras. “O projeto me trouxe uma experiência comunicativa fantástica. Saber que a gente pode levar conteúdo e conhecimento para tanta gente diferente é maravilhoso”, afirmou.

 

 

Como enviar um vídeo?

Os alunos interessados em contribuir com o programa podem enviar seus próprios vídeos com duração de, no máximo, um minuto e meio, que devem ser gravados com uma filmadora ou a câmera do celular. Quando se usa o celular, a gravação deve ser feita com o aparelho na horizontal, usando a câmera traseira ou frontal (modo selfie). Os vídeos gravados com enquadramento vertical não poderão ser considerados.
As pessoas que irão apresentar o projeto devem estar bem próximas à câmera, para que fiquem audíveis. Procure lugares mais reservados, sem a interferência de sons externos (vento, som do evento, barulhos do ambiente). Ilumine bem a cena, grave a favor da luz. Não utilize o zoom digital, pois prejudica a qualidade do vídeo.

Após gravar o vídeo, faça o upload do material bruto (sem a inserção de legendas, trilha sonora e imagens sobrepostas) e de arquivos (fotos ou outras informações) referentes ao projeto na nuvem e envie o link com as informações do projeto, nome completo, curso e câmpus para o e-mail .

Para o upload do vídeo, você pode escolher a armazenagem da sua preferência. Indicamos, como sugestão, o SendSpace (https://www.sendspace.com), o Dropbox (https://www.dropbox.com/pt_BR/) e o Google Drive (https://drive.google.com).

Lembre-se de que o material deve ser enviado sem edição.

Em caso de dúvidas, contate a Assessoria de Comunicação pelo e-mail .

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página