Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Estudantes do IFSP são premiados em Olimpíada de História do Brasil
Início do conteúdo da página

Estudantes do IFSP são premiados em Olimpíada de História do Brasil

Equipes dos Câmpus Bragança Paulista, Pirituba e São José dos Campos conquistaram medalhas na competição

  • Publicado: Quinta, 23 de Setembro de 2021, 15h45
  • Última atualização em Sexta, 01 de Outubro de 2021, 10h04

Depois de seis fases, competindo com mais de 9 mil grupos de todo o Brasil, seis equipes do IFSP foram premiadas com medalhas de ouro, bronze e de cristal na Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB).

Estudantes de 14 estados conquistaram medalhas de ouro, prata e bronze na 13ª edição da ONHB, realizada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A cerimônia de premiação foi realizada no dia 12 de setembro e transmitida pelo canal no Youtube. Este é o segundo ano em que o anúncio dos medalhistas é realizado de forma online devido à pandemia.

No total, 90 grupos receberam medalhas, sendo 20 de ouro, 30 de prata e 40 de bronze. A final contou com 414 equipes de 99 cidades de todos os Estados. Eles participaram de seis fases online da competição, além da final onde realizaram uma prova dissertativa também de forma virtual.

A ONHB

A ONHB é um projeto realizado pelo Departamento de História da Unicamp. Em 2021, em sua 13ª edição, consolidou-se com uma importante ferramenta de aprendizado do ensino de História. Tem apoio do Programa de Pós-Graduação em História da Unicamp, com a participação de docentes, mestrandos e doutorandos.

A Olimpíada teve início em maio e contou com a participação de estudantes de escolas públicas e particulares, desde o 8º ano do Ensino Fundamental até o 3º do Ensino Médio, organizados em equipes de três alunos e um professor orientador.

O IFSP repetiu a vitoriosa participação do ano passado, quando três equipes alcançaram ouro, prata e cristal: quatro equipes dos Câmpus Pirituba e uma de São José dos Campos conquistaram vaga na final sendo premiadas com medalhas de bronze e de cristal. Os professores, Fátima Moreira e Ricardo Sorgon Pires estiveram juntos na jornada e orientaram as equipes ao longo das etapas, por encontros virtuais para discutir as questões.

No Câmpus Bragança foram inscritas 17 equipes integradas por estudantes dos cursos Técnicos Integrados sendo acompanhadas pelo professor Adriano Henriques Machado e apoiadas pelo estudante Lucas Nakazawa Gomes, do 3º Integrado em Mecânica, monitor do Projeto de Ensino que aborda a ONHB.

A prova decisiva convidou à reflexão sobre o uso político da História, usando o processo de Independência do Brasil que, em 2022, chegará ao bicentenário.

Equipes premiadas:

Medalha de Ouro:

Equipe 1499 - Aline Gonçalves de Paula, Geovanna Caroline Rodrigues e Maria Gabrielle Minnitti Honório Soares (Bragança Paulista)

Medalha de Bronze:

Equipe Revolucionários - Nathaly Aureliano da Silva, Anna Luisa Araujo Mascarenhas e Kaylan Sanciani Andrade Silva (Pirituba)

Medalhas de Cristal:

Equipe Esclarecidos - Tamiris Delfino de Faria, Vinicius Miranda e Matheus Emídio (Pirituba)

Equipe Líderes da Nova Geração - Kamilly Filho, Mariana Pegoritti Martinez e Ligya Marina do Nascimento (Pirituba)

Equipe Sucessoras de Lutz - Luana Santana, Melyssa Albino e Sabrina Basílio (Pirituba)

Equipe G3 Contando História – Mariana Izumi Kuroshima da Silva, Danielle Cristine Sampaio Vieira e Isabelle Aparecida do Amaral (São José dos Campos).

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página